• Rafael Vinicius

Como mensurar os problemas da minha empresa e saber quais devo priorizar?

Atualizado: Fev 12


Se imagine na situação em que tenha que lidar com vários problemas que surgem no dia a dia na sua empresa, porém, começa a perceber que eles se repetem várias vezes na semana e além disso, surge um grande problema interno que você não tinha previsto, mas ele já estava ocorrendo há 3 meses, e só teve a ciência dele no momento em que ele explode.

Por mais que seja um cenário caótico, a falta de previsibilidade e identificação dos erros que ocorrem internamente é comum em várias empresas e é esse um dos fatores que impede uma empresa de crescer e faturar mais!

A resolução de problemas não é facilmente ensinada, porém existem ferramentas e métodos que auxiliam nesse processo, vai aqui algumas dicas para ajudar a identificar e entender os problemas da sua empresa.

Como identificar os problemas?

Se existir indicadores já definidos para olhar ficará mais fácil de entender qual área da empresa precisa ser revisada, mas quando isso não estiver ocorrendo, o que normalmente se aconselha é focar nos problemas que estão impedindo da empresa vender, ou vender mais.

Para facilitar faça uma análise 360º em sua empresa para identificar todos os problemas possíveis, nessa análise peça para os funcionários apontarem os maiores problemas que estão acontecendo nas áreas deles e na empresa como um todo. Com visões diferentes vindas de todos os níveis, é mais fácil enxergar os obstáculos e dificuldades da empresa.

Para priorizar quais você deve tentar resolver, é importante primeiro entender o peso que esse problema traz para a empresa, por isso se recomenda o uso da Matriz GUT, como sistema de priorização dos problemas.

Caso a empresa tenha estrutura para lidar com vários problemas ao mesmo tempo, se recomenda o uso do Pareto para gastar energia em 20 % dos problemas que representam 80% do peso.

Entendendo o problema

Após mapear os problemas existentes e conseguir definir a prioridade, é necessário entender melhor o que é esse problema e de onde ele veio. É comum as empresas se equivocarem ao atacar o efeito e não a causa, o famoso “tampando o sol com uma peneira”, ou seja, ao resolver a situação do momento não impede de o problema crescer e ser mais prejudicial para a empresa. Para isso é necessário usar ferramentas que auxiliam nessa parte, a mais comum e eficiente é o diagrama de espinha de peixe!

Ishikawa

Também conhecida como Diagrama de Causa e Efeito ou Diagrama de Espinha de Peixe, essa ferramenta é bastante utilizada para a identificação das causas de problemas específicos. Para que o levantamento seja feito de forma segmentada, é utilizada a técnica dos 6Ms (método, matéria-prima, máquina, mão de obra, medida e meio ambiente), facilitando a identificação das causas.

O Diagrama de Ishikawa é uma ferramenta de gestão de qualidade muito eficiente, pois permite um ponto de vista simples e objetivo de um determinado problema, tornando bem mais fácil encontrar a solução. A aplicação desta ferramenta depende da empresa, mas o mais indicado é se juntar com a equipe da área, realizar um brainstorming usando o diagrama e saindo dessa reunião com os planos de ação para resolver o problema raiz.


A PROMAD Jr. conta com uma equipe especializada em solução de problemas, em busca da melhor realidade para a sua empresa. Agende um diagnóstico gratuito conosco, e mude o rumo da sua empresa para o sucesso!


17 visualizações0 comentário
Encontre a solução que você procura!
DIAGNÓSTICO GRATUITO

Estamos a disposição para tirar qualquer tipo de dúvida e conversar com você.  Caso queira ter uma opinião sincera sobre o seu negócio clique abaixo:

Ativo 44Promad final.png
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn

Rua Geraldo Alckmin, 519,

Vila N. Srª. de Fátima -Itapeva, SP